Opinião:
"A Senhora Frederica" é uma pequena e sensível história que nos fala sobre uma grande questão da nossa actual sociedade: a solidão das pessoas idosas.
Este é um assunto abordado com bastante subtileza, mostrando-nos também como as crianças vêem os idosos - um amigo sábio - quando são educadas para tal.
A senhora Frederica tem 91 anos, vive sozinha e tem por único amigo um menino que é seu vizinho. Este menino, vê a sua amiga de 91 anos como uma senhora sábia, curiosa e divertida. Ela sabe sempre quando ele está triste, conhece palavras "mágicas" que o fazem rir e consegue arranjar sempre os seus brinquedos e tornar, certas coisas, especiais. Porém, muitas vezes a senhora Frederica esquece a sua própria história e então o seu amigo recorda-lhe e os dois divertem-se muito a contar e a partilhar histórias.

Este é sem dúvida um livro do qual se pode tirar muito partido com as crianças. As ilustrações são muito bonitas, é de salientar que a senhora Frederica é sempre ilustrada em tamanho "gigante", situação esta que achei bastante curiosa e acertiva, pois é assim que as crianças vêem os adultos que adoram - uma grande figura que comporta toda a sabedoria do mundo.

Esta é uma leitura aconselhada aos mais pequenos e deverá ser explorada por miudos e graúdos para que assim se possa tirar o máximo proveito desta  rica narrativa :)





Sinopse:
Com espantosas ilustrações da reconhecida artista austríaca Helga Bansch, e vencedor de vários Prémios de Literatura Infantil, A Senhora Frederica conta a extraordinária relação de fantasia que só entre uma criança e um velho pode acontecer, porque os velhos têm o maravilhoso condão de voltar a ser um pouco como as crianças.

A Senhora Frederica é uma vizinha mas também podia ser a avó que, como tantas avós das nossas crianças, já perdeu um pouco do sentido da realidade. Mas é também por isso, por velhos e crianças partilharem o mundo da imaginação, que estas ligações podem ser tão poderosas.

2 comentários:

    On 26 junho, 2012 Iceman disse...

    Olá Paula!
    Um livro interessante, que, parece-me, demonstra o quão importante pode ser o idoso na educação dos maus pequenos, sobretudo na sabedoria que, geralmnente, os idosos possuem, sabedoria de vida.

     
    On 26 junho, 2012 Paula disse...

    Iceman,
    Sim, é isso mesmo. Mas é também necessário que as crianças sejam educadas pelos pais neste sentido. Gostei muito deste livro.

     

Blogger Templates by Blog Forum